Pesquisar este blog

sábado, 27 de agosto de 2016

Memória: JORGE HURLEY (1883-1956)



Historiador e jurista e ex-Intendente de Macapá, HENRIQUE JORGE HURLEY nasceu em Natal (RN) em 17 de outubro de 1883, e faleceu em Belém em 28 de abril de 1956. Alistou-se em 1º de junho de 1898 num batalhão de Infantaria sediado em Natal, tendo chegado ao posto de sargento e feito exame prático para alferes, com aprovação. Obteve baixa em 1900. Em 11 de fevereiro de 1901 assenta praça na Brigada Militar do Pará, no posto de Segundo Sargento, passando a 1º sargento em 1902, e logo a sargento-ajudante. Depois de passar pelo posto de alferes é, em setembro de 1903, promovido a 1º tenente e am janeiro de 1905 ao posto de capitão. Em 1907 encerra a vida militar, tornando-se advgado em Belém. Sempre ligado ao jornalistmo, trabalhou um bom tempo n'a Provincia do Pará. Em 27 de maio de 1911 é nomeado juiz substituto da Comunidade de Baião, logo deixando, para servir a Secretaria Municipal de Educação de Belém.


Em 21 de março de 1914 volta à carreira da Justiça, sendo nomeado promotor público de Curuçá. Em 16 de março de 1916 é nomeado promotor publico de Macapá, onde tem atuação paralela, importante como a colaboração com artigos interessantes, de cunho histórico, publicados no jornal CORREIO DE MACAPÁ. Em 10 de julho de 1916, por interseção de Hurley, o tenente-coronel JOVINO DINOÁ doa um prédi, de sua propriedade,o localizado no centro de Macapá para funcionamento da justiça de Macapá, no mesmo local do antigo Fórum, onde atualmente funciona a OAB do Amapá. Em 21 de novembro de 1921 toma posse como intendente de Macapá, em substituição a Ernestino Borges, que faleceu em 16 de novembro de 1926. Seu governo vai até agosto de 1926. A partir de 1930 passa a residir no Pará. Escreveu as seguintes obras: Traços Cabanos e História do Brasil e do Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário